alvorada fm

ARTISTA DO MÊS / Abril

Roberta Sá
Roberta Sá

Roberta Varella de Sá (Natal, 19 de dezembro de 1980) é uma cantora brasileira de MPB, samba e bossa nova. Em 2011, Roberta Sá foi indicada ao Grammy Latino na categoria de "Artista Revelação", juntamente com o sambista Diogo Nogueira.

Depois do álbum Segunda Pele (2012), e da turnê do mesmo que estreou 1 de março de 2012 no Teatro Castro Alves na Bahia. Roberta Sá voltou para estúdio, juntamente com o produtor de longa data Rodrigo Campello, para produzir o sexto projeto de sua carreira. O novo disco possui oito composições inéditas fora as canções "Se For Para Mentir" (2011) gravada por Luciana Mello, "Última Forma" (1972) e "Covardia" (1938). Roberta Sá solicitou a vários compositores canções para entrar no disco, com isso recebeu "Me Erra" de Adriana Calcanhotto, e por intermédio da cantora Teresa Cristina, Roberta chegou ao violonista baiano Cézar Mendes, que acabou gravando três músicas dele "Um Só Lugar", "Não Posso Esconder o Que o Amor Me Faz" e "Se For Para Mentir".

Em Delírio Roberta Sá transita pelo samba de roda e o samba reggae, em "Meu Novo Ilê" (Quito Ribeiro, Moreno Veloso) e pelo samba groove em "Delírio", de Rafael Rocha, baterista e cantor da banda Tono. Somente em "Covardia" (Ataulpho Alves e Mário Lago), Roberta se afasta do samba e flerta com o fado. Gravada em Portugal, a faixa tem a participação do músico português António Zambujo.